O 7º segredo da prosperidade

December 21, 2016

 

Criatividade

 

Criatividade deveria ser o item mais fácil entre os segredos da prosperidade. Pois a criatividade emerge em nosso cérebro vinda do Vácuo Quântico, através dos microtúbulos das sinapses. Basta serenar a mente para “escutar” toda a criatividade que emerge sem parar. O que é serenar a mente? É parar com a conversa interna lógica e racional. Enquanto o consciente estiver procurando soluções é impossível escutar a sutil “voz” da intuição e criatividade. Quando o consciente parar de pensar nos problemas e soluções é que podem emergir inúmeras ideias para a solução. Elas estão lá todo o tempo, mas precisamos aquietar a mente para poder “escuta-las”. Deixar a mente devanear é o que permite emergir a informação. Escutar uma música sem analisar, focar em um filme, banho de chuveiro, passear num parque, etc. Até na fila do banco é possível aquietar a mente e deixar a criatividade aparecer. Não é necessário ter um tanque de isolamento sensorial (cheio de água para se boiar, sem som e luz) para que tenhamos a inspiração. 

 

Muitas vezes isso acontece as três horas da manhã quando temos uma insônia criativa. Quando tudo está em silêncio é mais fácil ouvir a voz interior. Isso se o ego deixar a voz interior falar. É possível desligar o ego momentaneamente para ouvir as ideias surgindo sem parar. Mozart escutava a música inteira antes de escrever a pauta. Todas as pessoas podem ter acesso a essa fonte infinita de criatividade. As soluções “borbulham” sem parar. Inúmeras ideias com soluções para tudo que se pensar. Planos A, B, C, D.... todas à nossa disposição. As alternativas para todos os problemas surgem espontaneamente na nossa mente. Esse fluxo é contínuo e pode ser acessado o tempo todo. Basta parar e escutar.

 

Como saber o que devo fazer na vida? Joseph Campbell dizia que basta ir onde está a sua felicidade. O que dá alegria. Porém, é preciso explicar o que ele queria dizer com isso. Em todas as suas entrevistas é preciso analisar o que ele quer dizer. Ele está falando de um nível acima do paradigma normal. Vejamos este caso. Felicidade é a vocação da pessoa. Aquilo para o qual ela nasceu. É um sentimento genuíno no mais profundo nível da pessoa. Comprar carro, casa, apartamento, barco, avião, etc. traz momentos de satisfação. Logo queremos um carro maior, uma casa maior e assim por diante. Isso não é o que ele disse. Isso não é felicidade. O que ele diz é o sentimento de realização profunda e a alegria resultante disso. Essa alegria e felicidade é que traz a prosperidade. Sem isso não existe prosperidade contínua. Quando ele lecionava fazia entrevistas de meia-hora com cada estudante e de vez em quando via a luz brilhar em um deles. Tinha esperança de que aquele estudante deixasse a luz brilhar em sua vida. Esse momento de luz é que é a felicidade. Quando a pessoa descobre o que veio fazer aqui. O que a deixa feliz. O que faria de graça de tanto gostar daquilo. Essa é a sensação, o sentimento que produz a prosperidade.

 

Isso pode ser desenvolvido numa criança? Pode. Vejam este exemplo:

 

http://ecodiario.eleconomista.es/cultura/noticias/7266789/01/16/El-colegio-sin-ordenadores-ni-pantallas-donde-estudian-los-hijos-de-los-empleados-de-Silicon-Valley.html

 

Mesmo se não tivemos uma educação assim podemos ir atrás da felicidade. Pense no que realmente gosta de fazer e estabeleça um plano para conseguir viver assim.

 

Se deixarmos a fonte da criatividade fluir em nós teremos prosperidade sem fim.

 

Hélio Couto

www.heliocouto.com

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

25º segredo da prosperidade

July 26, 2019

1/10
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo